Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


3/31/2014

A vida nossa de cada dia...


"Só há duas maneiras de viver a vida:
 a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. 
A segunda é vivê-la como se tudo fosse milagre."
_Albert Einstein

        Para muitos, viver realmente é conquistar o que se quer; para outros, não ter frustrado o que deseja. Parece igual, mas não é... De uma forma ou de outra, viver se sentindo vivo é muito mais do que isso, aquilo e o tudo mais.  Porque se assim não fosse, muitos não estariam desesperançados, frustrados, mesmo tendo alcançado, conquistado tanto...
...E da maneira que acreditamos, vivemos; 
e da maneira que vivemos, assim é, os frutos são... 


               Vivemos tempos de valores conturbados, invertidos. A importância de ser bem-sucedido, ou estar vivendo de verdade, está relacionada com o status financeiro, a posse, enfim, o que se tem. E isso tem sido o fator preponderante para que muitos não se sintam importantes; outros não querem viver por não perceberem o sentido da própria vida, comparando-se com a dos outros...
        Contudo, Viver plenamente é perceber! Sim, por exemplo, perceber a cada dia que o ontem passou... Perceber a Luz do Dia. Perceber que foi - pode ter ensinado (e também para isto serve) - , e não deve ser sentido ainda... Não mais. É um tempo que ficou para trás...! Perceber o tempo novo que chegou, a despeito do que foi, do que não foi ou do que "não deixaram ser".  É perceber contumazmente (algo disciplinadamente buscar 'o motivo') o que se tem a fazer neste amanhecer, para realmente notarmos a Vida nossa de cada dia... Novidade de vida!
          Viver não é só conquistar ou deixar de frustrar o que querem te impedir. Viver é também saber conviver! Ah... Alguém dirá: 
        - Pior exercício da vida é contar com a consciência alheia! 
        De fato, é um dos piores. Principalmente, porque a falta de consciência sempre vem acompanhada da "falta de educação na alma" (inclusive no sentido de aculturação), o mal do século!

       Entretanto, a convivência concreta e absolutamente importante, a que tudo inicia, não está relacionada com 'o outro', mas com nós mesmos... É se permitir amadurecer, aprender, e ainda assim deixar espaço para se surpreender... Sempre!  É conseguir vencer o ontem, tanto com o bom e o ruim que era... Pois, tudo muda, evolui. Assim, nem só o bom ou o ruim prevalecem, permanecem.
       Para melhor "vencer a vida", basta cada dia... Sem tantas influências do que queria, do que conseguiu ou continuará a querer (isso é o outro lado da história).  É se deixar levar pela energia... E a melhor energia a nos inspirar começa em nós, do nosso interior. Emana de nós, para nós e, também, à nossa volta. Isso se a deixarmos fluir, isso se a deixarmos 'falar'  e "conviver com o nosso dia"...
        Estar nesse mundo com tanta precariedade (seja social, ética, cultural, sentimental, moral etcétera e tal) é doloroso. É mesmo incompreensível em muitos aspectos... Mas se aqui estamos ainda, há um motivo (Temos muito a fazer!).  E sempre haverá uma saída, um refrigério se... Tivermos olhos para ver, e permitirmos contagiarmo-nos com o bom, o belo e, então, ser parte de um elo, que irradia luz, alegria, esperança... Mas, outro dirá:  
           - Pura utopia! 
         Utopia é o inalcançável... E paz interior, prazer de ser e de viver muitos alcançam, sem ter nada a ver com o que se tem ou deixou de ter, materialmente, primeiramente... Pelo fato de estar vivo! (quem passou pela morte e viu 'que ela está viva' costuma ter uma consciência melhor apurada nesse sentido).
         Só não acontece assim com os que se cansam... Viver, fisicamente, cansa, claro!  Mas, não é só nesse ponto de vista...  Muitos cansam porque estão carregando dias passados e futuros 'nas costas'. Deixando o agora ser só uma penumbra, quando poderia ser um raio de sol renovado e renovando; uma luz a iluminar de dentro para fora... Pois, o sol em nós existe!
       Isso parece só conto de sonhador? Parece querer só ver a fantasia?  Mas, que graça, razão real a vida teria, se não vislumbrarmos o tudo que nela cabe?  Por que a fantasia, a 'loucura sadia', os ângulos não propagados, são considerados loucuras de sonhador? A vida não é só o que se possui, deixou de possuir; a vida não é um rótulo a ser comprado... E quem assim a confunde, não vê o outro lado...
      Tantas vezes passam por nós, aqueles que nos iluminam com um sorriso. Outros, estão a nos querer bem e nos transmitir a sua paz, com sinceridade, pelo simples fato de existirmos. Há quem nos ame, e nos enxergue como nem nós nos vemos, e somos importantes, sim! Basta querer... Ver!  Muitas das vezes, também, esses seres não 'estão com a vida ganha', não; suas vidas não 'está um mar de rosas'... Pois, o mundo em que vivemos é o mesmo!!  Mas persistem, insistem deixando sua luz brilhar, iluminando-se e a nos iluminar, e não notamos...  Não nos contagiamos... O lugar que damos? Questionamos...!
         Outras ocasiões, temos que mudar e não mudamos. Temos que nos reparar e não nos reparamos... Deixamos para depois o que já era para ser feito e vice-versa.  Tudo porque o dia em que estamos é outro...
         A ansiedade e a frustração são os maiores inimigos da vida, a vivida. Pois, faz do homem refém do que foi ou será, não se dando conta do que é e está a lhe esperar... Esperar que note, esperar que sinta, esperar que viva o que tem para viver... E entenda que se a vida ainda está, é porque o ontem passou, e o futuro só poderá ser, se conseguirmos enfrentar, abraçar, efetivar tudo o que há no tempo chamado... HOJE!
       Para cultivar a flor da vida em nós, é uma questão de cuidar... Uma questão de visão diária. Querer! Querer vê-la florir e... viver!! 
                A vida é um dom... Mas, é o viver que forja a força necessária para ser. A cada dia vence-se uma batalha (ou milhares); e essa é uma realidade para não esquecer: Somos mais, sempre mais do que quer que seja. Guerreiros capacitados a vencer na vida nossa de cada dia...
                

"Somos mais do que nos rotulam
Somos mais do que consigamos ter
Somos mais do que não conquistamos
Podemos mais do que confabulam
Podemos  mais do que nos fazem ver
Podemos mais do que estipulam
Só não somos e podemos mais,
quando deixamos de ser 
e perdemos a paz..."
(Valéria Milanês)

"Existe somente uma idade para a gente ser feliz, 
somente uma época na vida de cada pessoa 
em que é possível sonhar e fazer planos 
e ter energia bastante para realizá-las 
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos. 
Uma só idade para a gente se encantar com a vida 
e viver apaixonadamente e desfrutar tudo 
com toda intensidade sem medo, nem culpa de sentir prazer. 
Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida, 
a nossa própria imagem e semelhança e vestir-se 
com todas as cores e experimentar todos os sabores 
e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor. 
Tempo de entusiasmo e coragem em que todo o desafio 
é mais um convite à luta que a gente enfrenta 
com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO 
e de NOVO, e quantas vezes for preciso. 
Essa idade tão fugaz na vida da gente 
chama-se PRESENTE, 
e tem a duração do instante que passa..." 
(A.D.

A vida nossa de cada dia...
Fonte imagem: Google imagens

“Sonhe, apesar das ilusões. 
Caminhe, apesar dos obstáculos. 
Lute, apesar das barreiras 
e, acima de tudo, acredite em você mesmo.” 
__Larissa Guerreiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...