Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


12/02/2013

Ser ou Não Ser...


    "Ser ou não Ser, eis a questão...?!"
    __Willian Shakespeare (in Hamlet)


Algumas vezes em nosso interior, essa questão grita... A intensidade e o nível de verdade com que escutamos, dependem do que queremos, achamos que podemos ou, enfim, o quão acreditamos que somos...


            Na vida, muito de tudo é uma questão de acreditar, crer: seja na vida, seja em nossa capacidade (com relação e em nossa sociedade - e seus "pontos cegos") e ainda, uma terceira ponta de um trinômio: quanto acreditamos nos outros mais do que em nós mesmos...
       Vivemos em círculos sociais, que ora formamos, ora somos inseridos, e por isso a força, a pressão que a opinião coletiva exerce em nós é inegável.  Entretanto, com o passo do tempo, das coisas vividas, notamos que essa força não pode e não deve ser maior do que a que temos sobre nós mesmos, sobre o quê conseguimos enxergar do mundo, como o percebemos. Pois, não podemos esquecer do fato de que embora vivamos em um mundo coletivo, cada Um possui a sua verdade e, principalmente, a sua missão. Ninguém veio à Terra em vão! 
      Somos parte de um Mover Único Universal, onde essa peculiaridade tem características inefáveis dentro de cada um de nós.  Cada Alma produz e reproduz o delinear do que já vem escrito, impresso, e descrito pela sociedade como vocação ou intuição. Que já começa a dar seus sinais muito antes de alguém lhe dizer o que deve fazer ou não... Continua como cada um exerce seus princípios, suas inspirações...  
        Devemos sim, ter nossos círculos como algo precioso (pois, nos ensinam muito), sem nunca esquecer, contudo, o que temos como opinião. Nosso ser íntimo, que quer se revelar e plenamente Ser, é quem fala conosco antes mesmo de aprendermos o que é e o que não é, diante de alheias limitações.  É ele quem nos diz se somos capazes mesmo quando todos dizem: Não! É sempre ele que nos diz se viemos fazer o que outros não conseguiram, porque não era dàqueles determinada aptidão.
      Muitos se deixam inspirar por fatores externos, opiniões alheias e até enganos  criados para 'sossegar o nossa própria comunhão', mas o fruto não será real, será algo como ter uma plantação em terras de outros; como ser escravo de outra visão...  
       Se quisermos podemos enxergar nossa existência assim: como 'Fruto de uma Explosão'... Porém, mesmo sendo fruto da mesma, somos partículas únicas, onde cada uma deve exercer sua função, sob pena de não haver mais nada concreto, tudo perdido, sem dimensão!  Ser ou não Ser, só é uma questão dominante para aqueles que entorpecem o coração...!


"Quando abro a porta de uma nova 
 descoberta já encontro 
Deus lá dentro."

                                 __Albert Einstein
           
"Ser ou não ser...
Muitas coisas jamais hão de ser...
Não porque não possam ser,
por não haver espaço para que sejam...
O que vem a ser,
renova o antigo ser,
Motivo de  medos 
para quem acostuma a não ser...
Outras, querendo ou não, serão!
Sendo resultado de tudo
o que já está sendo...
com boas sementes ou não;
Então, até mesmo para ser
é preciso plantar e colher
Ou render-se às que já são..."
                            (Valéria Milanês)

------------------------------

Fonte imagem: Googe imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...