Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


7/14/2017

Verbetes e muito mais...


Série: Verso&Prosa


"No meu verbete de ditados 
Sempre prefiro o que é aditado
Sim e não tem inumeráveis significados...
Assim, para mim,
No amor e na guerra vale...
O normatizado e Sermos Mais!
Porque Somos Além do que o aprisionado

Em tempos de imensa sordidez
Ganância, inércia maldita, escuridão da corrupção, altivez
Em tempos de aumento de falsos profetas 
Infortunas arestas, falsos amores, inverdades como sendo o principal
Mordaças e flashes de heroísmo conivente 
Importante é o aflorar de seus antagonismos menos dormentes 
Lei universal em prática, o clássico bem contra o mal

Em tempos de valores e bytes sombrios
Manifestar atos de vigorosa sabedoria
Além de festejados, falsos brios
Sim, manifestar atos de união
Também andar na contramão
Com o certo, o que dizem ser errado ou minoria
Não apenas ver o mostrado, enxergar o que quer ver acontecer

Contra a maldade pura
Só ações de se importar são armas para reviver
Para um semear de gente com candura
Em tempos de fome e frieza na alma, no coração
Não é post compartilhado que acorda a ternura 
E sim a compartilhada compaixão
In natura, só o calor do amor...

A fé não move montanhas com a força do pensamento 
Seu revelar está mais ligado com genuíno mover 
Ou como buscará move-las, trazer ao mundo um momento
Está na visão mais do que na idealização
É ver uma vitrine de forma real:
Olhar um espelho e ver o outro igual
É saber sobre flores: para curar, necessário dividir as dores

Sim, é preciso mais...
É preciso além de ter força, ética, fé
É preciso manifestar, dar a mão 
Deixar florir o ser, destas forças em nós o poder
Ter um sentir ou um querer 
Sem florescer é asfaltar um jardim no quintal

Sobre o amor...
Sim, é preciso amar!
Mas, não... Não só como verbo preso no coração
O amor pode ser 'deserto e seus temores', tormentos
- e ainda tudo de mais romântico que se possa elencar -
Além de ser imponente jardim florido, rei da poética aguerrido
Ou grande imbróglio de palavras (ou símbolos) ao vento

A grandeza da sua luz, a romper cadeias
Só aparece a partir do que nos parece pequeno...
Nos detalhes esconde-se o amar
Só é pleno ao libertar de cada um de nós um pedaço, ao menos.
O amor pode ser uma linda flor
Mas o amar não é o que parece ser, mas o que é...
Não tem pactos com convenções, mas com o fruto da fé

É o bem que se quer para si tão atuante, e urgente em querer doar
Percebe o poder de ser personalíssimo, quem diz não ao egoísmo
É dividir o bolo preferido querendo guardá-lo ou comê-lo inteiro
É querer tanto bem até transbordá-lo, externá-lo; ser o que dará
Nisso ficar absorto, esquecendo a chamada zona de conforto
Capaz de identificar que a essência da humanidade - e seus "ismos"
Não é a parte que se molda, adoece, é a que nunca se moldará...

Sim, é preciso mais...
Além de saber o que é bom para ter e viver
É preciso exalar, transmutar 
o que na vida e para a vida deseja

Sim, é preciso mais...
Contagiar, encantar com o que almeja
Quem quer banir os efeitos da guerra
Sabe que para detê-la... 

É preciso dividir de si mesmo... a Paz!"
__Valéria Milanês
Fé Reflexão Poesia
Fonte: Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...