Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


10/31/2016

Na poesia da vida...


Série: Nossos Poetas Ontem, Hoje & Sempre



"Há muitas razões para duvidar 
e uma só para crer".
__Carlos Drummond de Andrade

Fonte imagem: by Poeme-se - Google Imagens

"Esperança é planta que germina 
Mesmo sem ser semeada."
__Carlos Drummond de Andrade


"Amor - pois que é palavra essencial, 
comece esta canção e toda a envolva"

(*) Fonte vídeo:  Youtube - Carlos Drummond de Andrade em documentário de Fernando Sabino e David Neves. 1972 (no DVD Encontro Marcado - Todos os direitos reservados)
__________________________________
CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE
Poeta, Contista, Cronista Brasileiro
(31 out 1902 - 17 ago 1987)
http://www.carlosdrummond.com.br/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carlos_Drummond_de_Andrade

10/23/2016

Jornada...


"...cada indivíduo leva no seu Interior, 
um pequeno mas poderoso gerador de amor,
 cuja energia espera ser liberada..." 
__Albert Einstein*

Jornada...
Fonte imagem: Google imagens

______________________________
*Citação atribuída a Albert Einstein.

Sobre definições, ações do mundo.... E o Amor, por Einstein




A potência do AMOR (*) 
                 
              "Quando propus a teoria da relatividade, muito poucos me entenderam, e o que lhe revelarei agora para que o transmita à humanidade, também se chocará contra a incompreensão e os preconceitos do mundo. Peço-lhe mesmo assim, que o guarde o tempo todo que seja necessário, anos, décadas, até que a sociedade haja avançado o suficiente para acolher o que lhe explico a seguir.
                 Existe uma força extremamente poderosa para a qual a ciência não encontrou ainda uma explicação formal. 
                É uma força que inclui e governa todas as outras, e que está inclusa dentro de qualquer fenômeno que atua no universo e que ainda não foi identificada por nós. Esta força universal é o Amor.
            Quando os cientistas buscam uma teoria unificada do universo, esquecem da mais invisível e poderosa das forças. 

              O amor é luz, já que ilumina quem o dá e o recebe. O amor é gravidade porque faz com que umas pessoas sejam atraídas por outras. 

           O amor é potência, porque multiplica o melhor que temos e permite que a humanidade não se extinga no seu egoísmo cego.  O amor revela e desvela. Por amor se vive e se morre. Esta força explica tudo e dá sentido em maiúscula à vida. 

Sobre definições, ações do mundo.... E o Amor, por Einstein 
        Esta é a variável que temos evitado durante tempo demais, talvez porque o amor nos dá medo, já que é a única energia do universo que o ser humano não aprendeu a manobrar segundo seu bel prazer. 

       Para dar visibilidade ao amor, fiz uma simples substituição na minha mais célebre equação. Se no lugar de E=mc² aceitamos que a energia necessária para sanar o mundo pode ser obtida através do amor multiplicado pela velocidade da luz ao quadrado, chegaremos à conclusão de que o amor é a força mais poderosa que existe, porque não tem limite.
       
         Após o fracasso da humanidade no uso e controle das outras forças do universo que se voltaram contra nós, é urgente que nos alimentemos de outro tipo de energia. 

            Se quisermos que nossa espécie sobreviva, se nos propusermos encontrar um sentido à vida, se desejarmos salvar o mundo e que cada ser sinta que nele habita, o amor é a única e última resposta. 

             Talvez ainda não estejamos preparados para fabricar uma bomba de amor, um artefato bastante potente para destruir todo o ódio, o egoísmo e a avareza que assolam o planeta. 

           Porém, cada indivíduo leva no seu Interior, um pequeno mas poderoso gerador de amor cuja energia espera ser liberada.


         Quando aprendermos a dar e receber esta energia universal, querida Lieserl, comprovaremos que o amor tudo vence, tudo transcende e tudo pode, porque o amor é a quintessência da vida.

      Lamento profundamente não ter sabido expressar o que abriga meu coração, que há batido silenciosamente por você toda minha vida. 
        Talvez seja tarde demais para pedir-lhe perdão, mas como o tempo é relativo, preciso dizer-lhe que a amo e que graças a você, cheguei à ultima resposta.
          Seu pai,

                      Albert Einstein"

-------------------------------------------------------------
(*)  Fragmento da última carta, cuja autoria é atribuída a Albert Einstein 
(1879 – 1955), endereçada à sua filha Lieserl. 
O texto está publicado por algumas fontes na Internet.


Fonte imagem: Google imagens


_____________________________
OBS.: A postagem do texto no Blog, mesmo carecendo de certeza de autoria, visa apenas dar um espaço, ainda que aparentemente pequeno, para expressar amor e com amor...

10/21/2016

Marcas da Vida...


"Vivemos com o que recebemos, 
mas marcamos a vida com o que damos."
__Winston Churchill

Evolução da Vida...
   Fonte imagem: Google imagens 


A esperança tem asas



"A esperança tem asas. 
Faz a alma voar. 
Canta a melodia mesmo sem saber a letra. 

nunca desiste. Nunca."
__Emily Dickinson


           "Ah... Se o homem soubesse ou saber quisesse que o borbulhar em nosso interior -  aqui chamado de esperança, fé, amor... - tem o poder de trazer à existência tudo quando nossa alma almeja, sonha; que é, inclusive, bálsamo real, reconstrutor, para tudo quanto nossa alma já perdeu, gemeu, chorou...
        Ah... Se o mundo quisesse enxergar não somente o que parece ser importante ver e materializar sobre as coisas do mundo, mas também quisesse ser um canal da infinidade que brota do ser em multiforme viver, em todos os suspiros do querer e não somente o que aprendemos que tem valor... 
         Ah, o mundo não seria tão militantemente material... Seria também importante o não-sabido, importante para ser vivido... O voar não seria só algo que os pássaros fazem ou fazemos para estar em lugares compromissados, seria forma de viver... Veríamos mais e mais o que achávamos que nunca seria, pois muito e mais a energia da fantasia nos acompanharia, não só no vento, mas também em materialização de visão, do que geme nossa alma, corpo e coração.
         
  Esperança não seria teoria. Seria. Alguém que tem expressão, sentido de sentir, ser e existir.  Seria alguém... Que asas tem! Nós também não seríamos só o que nos dizem ou nos dissemos que seríamos. Seríamos... Tudo quanto com felicidade e verdade quiséssemos trazer em luz, cor, doces emoções e realidade. Quereríamos mais... Não sobre acúmulos e conquistas terrenas apenas, mas mais acerca de conquistas sobre nós mesmos. Pois seria mais real que são "felizes os que acreditam que carregam em si todos os mares... e barcos". 
            E o tempo... O tempo não seria quem 'pensamos que controlamos'. Seria alguém a conosco andar dia após dia, nos mostrando sempre a importância de atos do agora, do Hoje, os sinais que a vida nos dá, a partir dos enigmas do Criador, e sobre onde não teremos o tempo para viver. Quem tem mãos, trazendo o futuro que entrelaçamos juntos... 
             Então, o homem não se surpreenderia com o que materializou... Muito mais sempre se permitiria melhorar o vislumbrar e, também em todas as áreas, tocar o infinito que de si pode e sempre pôde  gerar..."
(Valéria Milanês)


"É preciso ter esperança, 
mas ter esperança do verbo esperançar; 
porque tem gente que tem esperança do verbo esperar. 
E esperança do verbo esperar não é esperança, é espera. 
Esperançar é se levantar, esperançar é ir atrás, 
esperançar é construir, esperançar é não desistir!
 Esperançar é levar adiante, 
esperançar é juntar-se com outros 
para fazer de outro modo…” 
__Paulo Freire
Reflexão Poesia Esperança Paulo Freire
Fonte imagens: Google imagens
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...