Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


12/31/2015

Feliz Algo Novo!


"Sempre é tempo de buscar, 
acrescentar o novo...
Novo pensar, novas decisões, 
novas inspirações, 
novo viver; o recomeçar 
(seja em que área for).  
Esse é o real tempo da vida:
 o que flui de nós."
(Valéria Milanês) 

   (- * Para uns, segundo a visão, a interpretação... Essa porta está fechada para o que quer que seja;
Para outros, segundo o vibrar do seu coração e imaginação, ela não está fechada, não para eles,
pois esses já atravessaram-na rumo a escrever, viver novos atos para a história de suas vidas...
Que não recomeça com calendários ou programas, mas com o exercício de viver o que crê,
e por através de atos e fatos que compõem a vida...  Se sonhamos, o podemos realizar!
Se deixarmos o amor em nós falar, podemos ser amados e amar...
Mas, se só ficarmos olhando a porta, ela continuará onde está...!)


Que Deus bendiga a todos e resplandeça a Sua graça 
sobre cada um agora, hoje... Sempre! 
Trazendo renovo, luz, paz, amor, novidade de vida 
e Portas Abertas, a começar em nós!
São os sinceros e profundos desejos de nosso coração.

Feliz 2016 e os anos vindouros!
 Feliz Algo Novo!!!


Fonte imagem: Google imagens

Em tudo Deus seja louvado!

Visões...


"Visões... 
Podemos tê-las...
Depois, podemos vivê-las..." 
(Valéria Milanês)


...Você pode abrir esta porta com a chave da imaginação...




E mesmo que, na vida aparentemente, 
só pareça janela...
Mesmo que, à primeira vista, dela não se veja nada...


Faça dessa janela... a Sua janela!



Essa é a minha...



                                                                                                                                                                 Fonte imagens: Google Imagens


"Pois, somente eu conheço os planos que tenho para vós, diz o Senhor; 
planos de fazê-los prosperar e não de causar dano. Para vos dar o fim que esperais, um futuro e uma esperança."
(Jeremias 29:11)

(Michael Jackson  - "Heal the World")


E mais um ano se vai....



"E mais um ano se vai... 
Podemos assim dizer?
É mesmo somente um punhado 
de dias que passou, voou
ou - em aspectos amontoados -  
passamos nós?

Voamos nas asas da vida 
ou uma parte de vida que se esvai?
Perguntas... Respostas... 
Talvez nem tenham importância
se nelas não estiver a esperança...

Podemos olhar o céu, 
o mar, o tempo 
Mas... os vemos?
Podemos ter quereres, 
mas eles são seus, meus...?
Desejo que os desejos 
sejam mais do que ânsias.

Sejam o fluir 
do que  gememos, cremos...
Então, nossa luz 
brilhará através de foco e fé.
Em cada maré, 
não deixando nunca de lembrar...

O ano só mudará com a nossa mudança!"
(Valéria Milanês)


Fonte imagens: Google imagens

12/24/2015

Jesus, o Cristo... a Luz do Mundo!


"...Então, é Natal...!
Que seja, então...
Um tempo de nascimento, renascimento...
Um tempo de fatos com a luz que brilha em nós, 
e não apenas com a duração de um "pisca-pisca"... 
Não devido aos planos 'porque um novo ano vem' 
ou calendários que mantém.
Por cuidar dos presentes que nos dá a vida,
dar valor e reconhecer o efervecer dos elementos
que urgem em nosso interior...
Seja um tempo de abraços demorados, 
de reviver o ato delicado de darmos as mãos, 
não para fazer coro ou números a mais.
Ser um brinde da esperança,  do poder da paz.
Todos os dias união para além do coração,
Seja o nosso maior presente o amor..."
  (Valéria Milanês)
"Ele brilhou onde não havia nenhum raio de sol. Depois que ele passou nessa terra nunca mais fomos os mesmos. Torturado, ele demonstrou grandiosa coragem e segurança. No extremo da dor física, produziu frases poéticas. No topo da humilhação social, expressou serenidade. Quando não havia condições de proferir palavras, ensinou pelo silêncio, pelo olhar, pelas reações tranquilas e, algumas vezes, pelas suas lágrimas".
_Augusto Cury em O Mestre da Vida

"O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o Seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor levante sobre ti o Seu rosto, e te dê a paz."


Boas Festas... Hoje e sempre muitas realizações!
Seja contigo a paz e por através de ti!
E que a Luz do Mundo resplandeça em vossos corações...
São os sinceros votos do Blog POESIA.com.REFLEXÃO.
                                                                                             

 ...Então, é Natal...!

Música: Happy Christmas (John Lennon, 1971/1972)  -  Tradução/Locução: Marcelo do Valle

12/23/2015

A vida...


"A vida está em tudo que a vida gerou, 
inclusive por através de nós..."
(Valéria Milanês)


"Uma das mais belas compensações da vida
é que nenhum ser humano pode ajudar o outro
sem ajudar a si mesmo."
__Ralph Waldo Emerson

Fonte imagem: Google imagens

* Rosemary's Piano Theme   (Composição: Marco Beltrami)
Música Integrante do lindo filme "The Giver", com Jeff Bridges, Maryl Streep... (2014), baseado no livro homônimo de Lois Lowry - no Brasil intitulado "O Doador de Memórias".

Distopias...


"Quando aqui chegamos, pequenos
 Não sabemos  o que vemos,
 Nem o que está sendo ensinado ao coração. 
Quando maiores nos tornamos, onde mais é menos
temos a urgente missão: 
vasculharmo-nos até encontrarmo-nos..."
(Valéria Milanês)

...embora distopia seja "um mundo paralelo obscuro ao extremo", 
nem sempre vivemos em um mundo maravilhoso 'realmente' nosso... 
Principalmente quando a "luz" que tende a nos guiar leva-nos para o 
mais e mais distante de nós mesmos... 


Entretanto, porém....
        A coragem, a vontade, o agir, os sonhos, a fé, a garra, a esperança, a superação, o amor - principalmente - (e muitas outras palavras que deixam de ser "somente palavras", e tornam-se vivas, quando vivenciamos o que é relacionado verdadeiramente com o nosso eu...) são diferenciais na "jornada, na batalha dos mundos" que vivemos, inclusive dentro de nós mesmos... Sendo, inclusive, 'distópico' para muitos. Assim ocorrendo porque seus referenciais são pequenos demais. Mas, mais dia menos dia, nos desprendemos do mundo ideal, do mundo definido, do programado, e nos encontramos...! Pois, essa a lei da natureza... E somos, todos, elementos desta. O mundo formatado, com tantas definições, padrões do que se deve Fazer para Ter, por exemplo, e, com isso, regras de como devemos agir para sermos "conquistadores do mundo" (sempre...), apenas empurra cada um de nós, primeiramente, ao abismo da ilusão... 
      Mas... Sempre vem... A verdade que não pode ser maquiada ou contida... A verdade da vida!  E o que ela tem para transformar em nós e por através de nós... E nos mostrar, também, o fato de que 'não ganhamos sempre', segundo esses padrões fabricados,  e isso também é notório na natureza. Isso devemos perceber, enxergar, a fim de não abraçarmos uma ideia como 'pura lei', tipo: "quem não tem" não tem valor... Na verdade, a natureza nos mostra bem o contrário disso dia após dia:  É do 'desfolhar' que vem a primavera; é da "morte que a vida brota"... É quando nos perdemos, que nos encontramos... É nos momentos de profunda escuridão que a nossa luz é necessária e 'convidada' a fluir,  rumo a se expandir e se expandir... Que não tem compromisso com os flashes do mundo ou 'glórias desse mundo', e sim com os "flashes da vida" em nós. Um aprendizado que não tem a ver com a educação que temos acesso... Mas, com um pleno exercício de Ser...! 


            Fonte imagens: Google imagens

                Mesmo quando buscamos repetidamente "satisfazer o tal mundo real" - que dizem ser o ideal, um jogo de luzes artificiais, onde passamos a replicar o aprendido que aprisiona, sem 'licença' até para nos perdermos -, não há um "perder-se" verdadeiramente... Consequentemente não há caminho rumo a se achar... Ainda! Porém, muito mais próximos "da mão da vida" para ser achado. É quando a natureza "chama o equilíbrio" para dar lugar àquela que virá, se manifestará..  (E Ela vem, sempre... ) A vida em sua forma mais pura! Que não se manisfesta, como no 'mundo real': em nações, como numerário, para promover robotizações, e sim em cada ser, particularmente em cada viver.
        Inclusive naquele que vive como parte integrante (e intrigado) do que parece que convém: protótipo estereotipado e/ou robotizado... (pois esse "robotizado" o é para quem, se o homem não é Senhor da Vida de ninguém? Pois, "ao final do jogo, peões e reis voltam para a mesma caixa"...). Portanto, Só parece que assim permanecerá, pois, o acréscimo ao nada é "nada ao quadrado". É algo sem cor que "apenas existe" (e o viver é feito de "cores sagradas" que os olhos não veem, portanto não podem ser explicadas, delimitadas, compradas, vendidas ou definidas; não vês?)... E é aí que a vida intervém...! No que parece ser "um mundo com seus membros perfeitos"... Pois, como um 'corpo pode ser perfeito' se somente tiver pés ou mãos? 
         O Senhor, o Criador da Vida (somente Ele) sabe bem as "características necessárias que um corpo tem"... E essas características são forjadas por através de sensações, emoções, renovo de sentir, de pensar e de agir; por um jorrar de energia oriundo de genuína ousadia... de  viver! Com ou sem o que for; com chegadas e partidas; a despeito de delimitadores ou dores... Nos mistérios cintilantes e nos caminhos escuros... Em tudo está a vida! E seu jorrar torna-se um transbordar, que não nos abandona, até reluzir o infinito, não a partir do exterior do homem, mas do universo, integrante de um pluriverso, que somos e que jamais morrerá... Da Alma Humana... E seja toda Luz!


"A luz não está nos candeeiros... Ela está em ti!"





O PREÇO DE UMA VIDA
Selma Reis

Mesmo quando há só melancolia
Viver só traz desarmonia
Sem um amor pra suportar viver
Mesmo quando a casa é oposto ao que é bem viver
E choras sem saber bem porque foi, 
Sente

Há uma força em nós, meu passarinho 
Mais forte que ficar sozinho 
No velho mundo gasto e sem calor 
Estás farto de uma vida que não tem valor 
E de certa nostalgia que não te deixa em paz 
Quando for tocar o dedo na ferida 
A força que ela tem, o preço de uma vida  
De nada valerá viver 
Se a gente não sonhar  
A vida é só pagar pra ver


Hoje, quando o ódio move o mundo 
E o silêncio toca o fundo 
Com um rumor que não suportas mais 
E te dói pensar que o mundo é terra de ninguém 
Mesmo quando a esperança 
Por si só não bastar mais 
Só nos valerá se nessa morte em vida 
O amor com amor pagar o preço de uma vida 
Se não se sonha mais, de que nos valerá 
Mesmo a quem por mal ofende 
Ou que nos vende sem pagar 

Quando divisar a terra prometida 
A reconhecerás, o preço de uma vida 
Aquele que pagar pra ver 
Nunca mais vai se afastar 
Nunca mais vai se perder 
Nos barracos das favelas 
Dessa nossa hipocrisia 
Mesmo em meio às etiquetas 
De uma falsa cortesia 
É o anjo que te guarda 
E que reconhecerás 
Como a força mais ousada que há em nós 
Que sonha e não se renderá 

Quem viver verá a sorte decidida 
O amor irá pagar, o preço de uma vida 
Se não se sonha mais, de que nos valerá 
O que luta cada dia por ser em nós  
O que não morrerá 
Quando divisar a terra prometida 
A reconhecerás, o preço de uma vida
A força de pagar pra ver...
                                                                                           Composição: Paolo Vallesi / Beppe Dati - versão Ronaldo Bastos)

12/22/2015

Luz&Paz... Sempre, Selma Reis!

*** H o m e n a g e m

.................................................................................................
...Embora os superlativos não expressem sua grandeza... 
De sua Luz, seu Carisma, sua Meiguice, sua Garra.........
Faço uso destes - 'no abuso' - para tentar alcançá-la, 
homenageá-la também em sua passagem para a eternidade...
Com carinho e admiração!
........................................................................................................ 

"Ella duerme um sueño sagrado... 
Nunca digas que los buenos mueren."
__Calímaco

Alma cristalina, imenso coração...
Viestes com a cor da esperança e beleza de um arco-íris...
Luz&Paz, 
Queridíssima, talentosíssima, iluminadíssima... 
Selma Reis!

Cumpriu lindamente sua missão!
(...E ela foi encontrar o mar nas asas do albatroz... 
E ser plenamente...Luz! Seu brilho continuará em nós...)
                                                Fonte imagens: Produção/Divulgação
(Música O que é o Amor - Autoria: Danilo Caymmi / Dudu Falcão)

"Ás vezes 
Morro por cantar demais
Nasci assim 
Suburbanamente
Me fiz confidente 
Das águas do cais 

Poetas 
São meus guias naturais
Seres tão abissais 
Que eu nem sei mais 
Se reencarnarão outra vez 
Nas águas do cais 

Eu jurei 
Atravessar o mar 
Nas asas do albatroz 
Eu jurei 
Que ia chegar a Deus 
E aos meus com minha voz 

E agora que eu cheguei 
Ouço gemer nas embarcações 
A voz das nossas canções
Num mar que eu não naveguei
Jamais me entregarei 
Ao som das "ondas" musicais 
Poetas vivem no cais 
Das minhas emoções." 
                                                                                                             (Emoções Suburbanas - Altair Veloso/Paulo Cezar Feital)

"A minha cabeça está e sempre estará erguida, não tem o porque do contrário, faço um trabalho com muita dignidade, pessoal; tenho um público fiel que me frequenta espontaneamente, não preciso apelar pra nada. Faço o que amo e realizo, coisa pra poucos no mundo, em se tratando de estatísticas; portanto, tenho motivos de sobra pra me sentir, na maioria do meu tempo, feliz e realizada."
________________________
***Selma Reis
(24/08/1960  - 19/12/2015)
Cantora, Atriz.... Linda luz em pessoa!
https://pt.wikipedia.org/wiki/Selma_Reis

(Programa: Selma Reis - Especial TV Manchete / 1990)
(Música: Minha Missão, de João Nogueira / Paulo César Pinheiro)   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...