Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


11/03/2015

A evolução da vida em nós...

          
"...Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. 
O resto é a sombra. De árvores alheias..."
__Fernando Pessoa


        Claro que na vida não temos "só o belo"... Um campo florido, cheio de árvores maravilhosas e frutos agradáveis. Ao invés disso, temos muitas incógnitas, e a sensação de que não estamos colhendo nada de bom. Por que será? Por que será que ao olharmos a vida alheia o 'pasto' nos parece tão mais bonito? Por que será que burocratizamos o que está em nossas mãos para plantar e colher? Respostas difíceis de perceber, enquanto estivermos a olhar as 'sombras de árvores alheias'.    
         Enquanto assim nos notarmos (ou não notarmos!), estaremos à margem de nós mesmos. Estaremos 'nos encaminhando nos caminhos dos outros'... Mas, a vida não é estática como, muitas das vezes, nos permitimos ser... Então, temos, sim, muitos desafios, muitas circunstâncias que gostaríamos que fossem desconhecidas por nós, mesmo! Outras que gostaríamos de "termos as rédeas", ou, num piscar de olhos, fossem como queremos... 
Mas, porém, entretanto, contudo...

            Se tudo fosse, assim, tão delimitado (mais ainda...!), não "nos redescobriríamos, não renasceríamos, não viveríamos" os caminhos desconhecidos que existem, inclusive dentro de nós.  Também não nos disporíamos a superar, ou evoluir, ou nos refazermos diante dos chamados "avessos da vida". Viver é mais! Do que nos ensinaram, do que crescemos acreditando, do que 'decidimos  ou disseram que temos direito ou merecemos, ou já descobrimos'... Mais do que nos acostumamos... Não ser!
              Viver é uma inesgotável amplitude de possibilidades infinitas, de poder e florescer, que 'só podemos perceber' se pudermos ver, ouvir, ser, querer, sentir...com o nosso Eu!  E enxergamos o que está a nossa volta com a mesma sensibilidade e envolvimento, não apenas com 'vícios de sentir'. Não apenas como queremos ver e que já decretamos 'como o acomodado importante'.  Não apenas com o que queremos porque quisemos enxergar. E sim, também, fazendo de cada descoberta ou redescoberta feliz, momentos eternos em nós, e por através de nós... Sendo vida gerando vida, inclusive.

              Todo dia é especial, e diferente..!  E, sim, a vida 'se amplia' Todo dia, a cada amanhecer. E com ele novas possibilidades, oportunidades, decisões... Novas condições... Novas linhas de Novo sentir!  De forma que o "Ontem" seja o que é, passado: o que já se colheu; flores que não se regou... Portanto, o que passou! E o Hoje, uma segunda opinião de aprendizado, ou consequência, para uma nova experiência... Que complementa, ou movimenta todo o "ontem". Algo para vivermos nova colheita, todavia, com a devida atenção, pois, assim é para o bem ou para o mal... Assim é o Hoje! O que está em nossas mãos para regar, mover...
              Assim ocorre em tantas e tantas vidas, situações, e nesses caminhos a 'renovação' em todas as coisas.... Na renovação dos caminhos do viver. Na condição que temos, cada um de nós, de fazer, refazer, até alcançarmos a plenitude do que queremos, podemos, no bom sentido de evoluir, fluir.
               Então, queiramos o melhor! O melhor ser, o melhor sentir, o melhor agir, na nossa vida e na vida dos que conosco vivem... Pois, nosso direito termina quando começa o de outro; e esse prisma se revela e é regado com respeito, hombridade... E com verdade! Vivendo a grande 'máxima': "não devemos fazer aos outros o que não gostaríamos que nos fizessem...",  e o mundo seria bem melhor; pelo menos, com bem menos hipocrisia.... E Florir verdadeiramente! Deixarmos ao seu devido lugar o que é 'de outro', pois o que temos como missão de evolução, no sentido de ser (ou deixar de fazer), recomeçar e melhor enxergar, ninguém poderá fazê-lo.... 
                 Então, não!, apenas ver as coisas com o foco 'em um dia desses', no 'amanhã farei' ou 'o ontem deu-me os melhores frutos', não nos evolui. Paralisia é o que temos, enquanto olhamos dormentes e aprisionados quem trabalha o seu campo, para colher as suas flores... 
          Mas, graças aos céus, não é daí que a vida flui... E sim, das situações que não prevemos, não controlamos. Sendo, portanto, 'molas de propulsão' para despertar nosso coração. Do que nos renova... Daí sim, a evolução será boa, e frutificará bons frutos!
            E nunca esquecer:  O ontem é sempre menor que o Hoje...!  Não é menos importante, só não é preponderante, pois... Somente o Hoje leva-nos ao amanhã que sonhamos...! ( - Se agirmos como tal, claro!).  Leva-nos a colher novos frutos, e a viajar de eternidade à eternidade... À plenitude de Viver... Ou não!
     Viva o Hoje! Faça o seu melhor Hoje... 
Nos jardins de sua Vida!

 "Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, 
que é a tragédia de não querer lutar para superá-la."
 __Albert Einstein

"...E enquanto houver esperança...
Poderemos todos ver o invisível, ouvir o inaudito,
viver o extraordinário trazendo à existência 
o infinito para o hoje... Basta que sejamos mais 
do que repetições, mais do que convenções, 
mais do que um dia fomos, vivemos, conhecemos, 
e até nos apaixonamos... E que se tornou finito,  
pois no ontem está!  Nós que amarram, aparentes laços. 
Sejamos desbravadores de nós mesmos, de um agir melhor. 
Oriundo de um mundo interior iluminado e maior.  
Que melhora as suas teorias, suas vivências, conveniências, e,  com verdadeira revelação, sejamos verdadeiros...
Com a verdade que de nós vem saindo à luz.
E o amor será, e o sonho se realizará, 
e a fantasia... será mais do que o falso purpurinado 
e propagado, como inocente e bonito... 

Com renovadas forças, a esperança brotará bons frutos, 
não a partir da terra, mas do coração do homem..."
(Valéria Milanês)

Fonte imagens: Google imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...