Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


8/03/2014

A Importância das imagens e suas linguagens

Série: Tempos Modernos
TEMPO MODERNOS III
(ou IV, V...M! O que importa é que são modernos...!)



      Muito tem se falado do grande poder da imagem, e não é de hoje... Hoje então - onde cada um tem, em seus smartfones, suas mãos, máquinas digitais para fotografar, filmar - parece ser a imagem 'uma descoberta'. Só parece, pois parece ser importante sem ser, realmente... Ou seja, na prática, estando tão em voga, perdeu o glamour em importância, para cair no exagero do corriqueiro... E o que é isso? Exagera-se conhecer o que, na verdade, não se conhece... O que perde em importância ganha em corriqueiro, modal e não verdadeiro...
      
            Mais do que mensagens, imagens, margens, o que é importante - e sempre terá suma importância - é também o toque, a energia trocada... 
    A luz que cada ser passa, transmite, por através de 'estar sendo', por meio de imagens etc. nem é um décimo da que é emanada "em um encontro"... Um real encontro com a natureza, um real encontro entre seres... Não selfies, mas seres: aquele que é valorizado, ainda que não seja revelado, divulgado...
       As lindas reproduções, e suas linguagens, são para inspiração, porque refletem energia das coisas vivas, vividas... Refletem...!  Entretanto, a simples catalogação de coisa é algo mecânico... O diferencial sempre foi e sempre será a alma de quem vê... Ou enxerga ou sente...
        Uma grande pena mesmo (ou não, depende da opinião) é que por através de "Faces da vida" (temos que colocar aspas, para dar uma ênfase de que se está falando de Facebooks da vida, pois, no português, por exemplo, até a palavra face não é usual, pois O Face é mais usado; para uns, mais importante, mais facilmente identificado - algo como redirecionamento cerebral) a geração atual esteja relegada ao Ver, somente ver... Sem enxergar, sem tocar...."Emoções e emoções" por através do "touch" dos seus aparelhos... Sem sentir realmente o calor.... Sem sentir ou sem sentidos...
         Claro (!), o belo é lindo de ser visto! Lindo, também, é saber que este, e tudo quanto abriga, existe. Mas, o maravilhoso... Ah... esse quase ninguém o reconhece... Maravilhoso é não só poder ver e saber...  É viver!
      Ver a beleza de uma rosa é lindo, mas sentir seu perfume... é sentir-se maravilhosamente vivo... E fica no ar a pergunta que não quer calar: quando haverá espaço para o que é visto - sabido, bonito -  ser vivido?
          A vida não é só bela pelo o que nos mostram, mas pelo o que queremos encontrar, nos encontrando... Bela e misteriosa (com milhares de nuances ainda não vistas, descobertas ou trilhadas), justamente por ser o que não se governa, o que não se controla... O que não tem limite...  Tudo quanto o homem tentar limitar, somente catalogar por catalogar, se tornará pequeno... Não pelo tamanho que seja feito o catálogo (ou a tela), mas pelo tamanho que o homem atribui ao que não tem dimensão finita, começando pelo próprio homem...

Fonte imagens: Google imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...