Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


3/11/2014

Sem medo de ser feliz


      Certo dia, aproximou-se de mim um pombo, com linha de nylon enrolada unindo seus pés. Tentei me aproximar, e ele se arrastando se afastava... Aproximava-me mais e ele voava, voos curtos... Eu podia ajudá-lo fácil, fácil, mas ele não deixava...  Eu dizia para ele:
- "Posso, quero te ajudar, mas você tem medo..." 
E ele partiu 'enrolado': tinha asas, mas continuava preso...  
Podia voar, mas não podia pousar...

       Isso é o que o medo faz: nos aprisiona, não nos deixa voar plenamente...! Não nos deixa enxergar as possibilidades, até mesmo aquelas que estão 'nos dando as mãos'... Faz-nos acostumar com o não condizente a nós mesmos; faz-nos viajantes de uma paisagem só... Faz-nos cegos tendo olhos! Menores do que somos.
        Muitos vivem assim (sendo uma simples defesa, pensam), sem a real condição de alcançar o que há para viver... Condição anulada pelo próprio ser. Oportunidades dispensadas pelo medo de permitir, conhecer.
         Nem tudo o que conhecemos (ou conheceremos) são (ou serão) flores, mas nem por isso podemos nos condicionar a não mais nos aventurarmos... Aventurar no sentido de perceber que, se estamos vivos, o motivo é o tudo que ainda podemos, o tudo o que venceremos... Como vencer sem tentar? Como melhor ser, sem lapidar? Como alcançar sem querer voar? Como voar sem poder pousar? Como seremos plenos, se de nós mesmos nos escondemos?
         Medo não é defesa (e nem nunca será) se for para nos paralisar... O medo, na verdade, é o irmão gêmeo da coragem (só não são univitelinos; um alerta, o outro age)... Onde o certo é que eles andem juntos!  Pois, o medo sozinho é metade... Sendo somente uma (pré) condição alimentada por quem decide não mais conhecer... É um (pré) conceito sobre um algo englobando um todo que não é igual... É decidir viver pedaço, sem querer ser total!  Essa predisposição assim ficará,  até o querer ser 'cego e preso' (a ilusão) for decididamente maior do que sonhar ser livre, pleno e real.  
       Quando houver a consciência de que a condição atual é tão ou mais insuportável até do que o 'desconhecido novo'... Quando quisermos viver o renovo sem fronteiras... Mudando, inclusive, a "fôrma de agir".  A partir desse ponto, renasce o ser vivente.  Pois, estava morto... Dentro do seu coração e na sua mente... 
        Somos chamados para a liberdade. Liberdade que começa em nós, por nós, por através de nós... Circunstâncias da vida vem para nos mostrar quem somos, como estamos e quem podemos ser... O novo sempre vem, já disse o poeta. Vem para materializar o que há de ser... Vem para nos fazer aprender, nos fazer crescer! E atuar na nossa felicidade. Não nos deixar esquecer o compromisso que temos com nós mesmos: o de ser feliz!

"Por mais longe que o espírito vá 
nunca irá mais longe que o coração."
_Sócrates


"A vida só é possível através dos desafios.
A vida só é possível quando você tem
tanto o bom tempo quanto o mau tempo,
quando tem prazer e dor;
quando tem inverno e verão, dia e noite;
quando tem tristeza tanto quanto felicidade,
desconforto tanto quanto conforto.
A vida passa entre essas duas polaridades.
Movendo-se entre essas duas polaridades,
você aprende a se equilibrar.
Entre essas duas asas,
você aprende a voar até a estrela mais brilhante."
_Osho 

"...Viva hoje !
Arrisque hoje ! 
Faça hoje !
Não se deixe morrer lentamente!
NÃO SE ESQUEÇA DE SER FELIZ."
__Pablo Neruda



"Viva de verdade e com verdade.

Com medo ou o que for,

e com coragem.
Viva com fervor nessa viagem...
Vence a ti mesmo, em primeiro lugar,
E perceberás que ninguém 
nunca pôde te aprisionar..."
(Valéria Milanês)


Fonte imagens: Google imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...