Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


2/21/2014

O Mar da Vida...


"Por vezes, sentimos que o que fazemos 
é senão uma gota de água no mar. 
Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota."
_Madre Tereza de Calcutá


"É... O mar fica menor se uma gota faltar...
O dia a dia fica insuportável 
se a coerência falhar;
O mundo fica inóspito 
sem haver alguém para se importar. 
A Vida é isso e por isso... 
O que fazemos, não fazemos, 
o que não entendemos 
e muito mais... Como um barco no cais. 
Onde para começar a andar, 
viver de verdade, é equilíbrio no agir, 
no fluir e no observar!  


A Vida é o que queremos, 
sonhamos, podemos... 
E o que deixamos de crer. 
O que deixamos de querer 
e todas as suas consequências... 
A vida é o que deixamos nas mãos 
de outros, e também o resultado... 
A vida vivida é mais do que o "eu". 
O 'eu' sozinho não existe... 
O valor de nada é nada... 
E a vida real é mais que uma estrada. 

Temos o mar e não cuidamos... 
Temos a natureza e a despedaçamos...
Temos o amor e o vilipendiamos; 
Temos inteligência e não a usamos; 
Temos alma e só a amontoamos... 
Temos conquistas e não valorizamos... 
E as belezas da vida estão ficando escassas, 
porque nos trancamos e acomodamos...
E como bebês inocentes... reclamamos! 

Viver é um presente... 
Como uma surpresa que não solicitamos, 
e, às vezes, nem merecemos... 
O que fazemos com essa dádiva 
é o que faz toda a diferença... 
Pegamos e deixamos de lado? 
Ou o adornamos com futilidades, 
de modo que a essência mudamos? 
Ou deixamos nas mãos de outros, 
e façam dele o que bem quiserem? 
Damos o devido valor ou só usamos, 
como algo que não foi desejado, 
sonhado ou já conquistado?  
Medonho é usar a vida como se coisa fosse... 

Enquanto só enxergarmos o conveniente, 
enquanto só abrigarmos o egoísmo, 
enquanto não abrigarmos o sentido da vida, 
enquanto não acordarmos de dentro para fora, 
O mundo adoece... A vida perece... 
E abutres fazem de nossa casa o seu recreio. 
Enquanto não notarmos verdadeiramente 
quem somos, não seremos nem o início 
nem o fim, só o meio... 
Muitas civilizações já se foram... 
Não porque lhes faltou vida ou inteligência, 
e sim, pelo comando do ego e da dormência. 

O Universo chora... O mundo sangra...
Isso se refletirá e refletirá 
através daqueles que sentem esse jorrar. 
Pelo desgoverno não somente 
de quem governa...; 
Pelo abismo que tem separado 
os homens da própria vida: 
o egocentrismo sob forma de ganância,
amparada pela arrogância 
com cara de desesperança! 
O homem quando passa a não notar 
é porque só olha para si mesmo...  
E só enxerga o que dentro está cheio... 
O homem quando passa a não se importar
é porque sente que só o seu Eu tem valor... 
É quando tudo o homem tem, Menos o Amor...!"
(Valéria Milanês)
Fonte imagem:  Google imagens



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...